Descubra a sua força

Os músculos são a nossa força motriz. E como cada célula do nosso corpo possui consciência, já não ficamos admirados dos benefícios mentais do exercício físico. A musculação, o trabalho muscular que exercemos ao opormos às forças externas (máquinas e pesos livres) estimula o nosso corpo e faz com que se obtenham benefícios físicos incomparáveis a outras actividades. Indirectamente os benefícios psicológicos e a consequência de mentes equilibradas dão-nos relações interpessoais melhoradas (benefícios sociais).

A evolução dos materiais utilizados nos ginásios tem sido constante nos últimos 20 anos, mas a sofisticação não foi ainda capaz de superar as ferramentas mais antigas como os pesos livres ou simples sacos de areia. Encontramos na actualidade formas diferentes de utilizar essas ferramentas ou metodologias de um passado distante.

Se compreendermos melhor a história da musculação e dos ginásios, se compreendermos a indústria do fitness actual que movimenta mais milhões do que o futebol, poderemos tomar melhores decisões quer como usuários quer como profissionais do sector. Melhor dizendo: é fundamental saber como chegamos até aqui e qual o estado da arte para melhor intervir, sob pena de não percebermos como e em que direcção ocorrem as rápidas mudanças.

No entanto, apesar de tanta novidade e mudança, existem princípios básicos, leis naturais que fazem com que diversos métodos e ferramentas de treino consigam resultados para aqueles que se exercitam regularmente.

É por isso que se recomenda voltar àquilo que sempre resultou, continua e continuará a resultar de uma forma impressionante, eficaz e anos luz à frente de novidades denominadas sob a tendência cinematográfica mais recente.

Mas para tal, é fundamental respeitar a genética do nosso corpo e ter consciência do legado dos nossos progenitores para, ao invés de nos iludirmos com suplementos e drogas milagrosas, utilizarmos movimentos eficazes com intensidade em treinos de 20 ou 30 minutos, 1 a 5 vezes por semana.

Sabendo que não há receitas de exercícios, séries e repetições com resultados garantidos, temos de agir com um conjunto de movimentos multiarticulares variados, controlados com um registo de treino rigoroso e supervisionados por um amigo de olho treinado. Vamos sentir algumas dores musculares e fazer por as observar até que desapareçam e sintamos maior calma, equilíbrio, melhor postura, força, resistência e flexibilidade.

Com bases sólidas não necessitamos de rotinas complicadas. Apenas coisas simples muito bem feitas. Uma acção consistente ao longo do tempo ao nível da movimentação dos pesos, da alimentação pouco processada e nutritiva e do fundamental sono diário.

Conhecendo os princípios do treino e utilizando um conjunto de movimentos básicos equivalente aos dedos das nossas mãos, vamos descobrir a nossa força e obter resultados incríveis se nos centrarmos na performance. Treinando sem reflexos na parede, quando nos voltarmos a olhar ao espelho teremos alterado a imagem do nosso corpo.