Kettlebells: uma alternativa eficaz

Por Eduardo Fonseca

IKFF Coach Certified

Não existe o treino perfeito, mas existe o treino potencialmente ideal. Treinar com kettlebells! Sem querer regressar ao passado e á Old School, treinar com Kettlebells leva-nos a recuar no tempo no que toca ao tipo de utensílios a utilizar nos nossos treinos – os fins justificam os meios.

As kettelbell oferecem algo extremamente importante, intensidades. Ou seja, todos tentam tirar o máximo proveito dos seus treinos para o máximo de resultados no mais curto espaço de tempo. Ao contrário de halteres (off center), movimentar as kettlebells desenvolve a consciência corporal, uma maior amplitude de movimento, flexibilidade e força. Ao utilizar as kettlebell, o centro de massa (do objecto) é movimentado mais perto do nosso centro de massa, permite uma maior amplitude de movimentos e melhor manuseamento (equilíbrio), bem como a alça também facilita segurar o peso em movimentos balísticos. Treino mais intenso é sinónimo de melhores resultados num curto espaço de tempo. Assim, temos, maior intensidade, resultados rápidos e por fim, poupança de tempo.

Parece uma ferramenta pouco convidativa? Será que também as mulheres se atrevem a utilizar uma bola com alça nos seus treinos? O que as levaria a usar as Kettlebells? Tudo! As Kettlebells vão sem dúvida melhorar a sua qualidade de vida, elas vão aumentar os níveis de energia, remodelar o corpo e tonificar sem dúvidas os quadris e glúteos, irão aumentar a sua força, aliviar o stress, potencializar o seu metabolismo e ocupar menos tempo.

Lembrem-se! Mais intensidade, incremento de força, maior amplitude articular, tonificação, resistência e consciência corporal, sem lesões e resultados rápidos, uma ferramenta poderosa que está a entrar no mercado português. Individualmente ou em aulas de grupo, as kettlebell tornam-se divertidas de se utilizar, no ginásio, em casa ou nas férias. Vêm aí, estão para ficar e devem ser experimentadas.

2 comentários em “Kettlebells: uma alternativa eficaz”

  1. Pingback: Kettlebells – muito além dos halteres : Viva Light

Os comentários estão fechados.