Eu é que sou o monitor!

Entro e nunca cumprimento ninguém.

A sala está algo desarrumada mas essa não é a minha função. Eu não arrumo aquilo que é dos outros. Aliás, estou farto de colocar avisos cada vez maiores mas o pessoal não liga nada.

Gosto da música bem alta, trago os meus CDs para acordar a malta.

Tudo corre sobre rodas! Os velhadas não querem nada com isto e eu não tenho paciência para os aturar. Gosto do horário da tarde porque tem umas miúdas espectaculares. Não tem nada a ver com o horário da manhã: um tipo tem de aturar umas gordas, e os reformados cheios de artrite são o fim do mundo e depois estão sempre a reclamar da música.

Os programas das gajas devem ser alterados com frequência (de duas em duas semanas). E a coisa tem de ser bem pensada: posicionar bem a aluna, verificar todos os ângulos e ajudá-la a fazer o exercício para ela não se cansar muito. Despeço-me sempre com duas beijocas e uma festinha.

Gosto de ajudar os alunos. Quando alguém me pede opinião sobre um programa eu digo logo: – Dê cá que eu faço uma coisa em condições! Quem é que fez isto? O tipo não percebia nada disto!” Agora o pessoal coloca pouco peso nos alunos e assim eles não têm resultados. E depois dizem-lhes para descansar uns dias???!!! No pain no gain! Dividir bem os grupos musculares e dar-lhe com força todos os dias!

A postura não é o mais importante! Puxar com força, temos de aplicar o princípio da sobrecarga! Chocar o corpo! Pesos grandes fazem gente grande!

Os meus alunos começam sempre o treino com 10min de bicicleta. Depois fazem 4 séries de lombares e 4 séries de abdominais e estão prontos para o treino.

Só eu é que posso mexer nas máquinas cardio. Ai do cliente que o faça! Leva logo um berro! Afinal quem é que manda aqui?!

Está tudo mal! Sai daí! Eu mostro como é que se faz.

Treino sempre na hora de serviço. Quando está pouca gente, lá vou eu para o supino!

Aproveito para dar PT na minha hora de serviço.

Quando não sei alguma coisa, nunca dou parte de fraco, invento uma história, meto uns nomes complicados do tipo: isquiotibiais e ficam logo convencidos.

De vez em quando fazemos umas brincadeiras na sala. Uns concursos de levantamento. Eu ainda tenho o recorde. Quem sabe, sabe!

A sala de musculação também tem de ser um clube social!.

Agora adeusinho que eu tenho ali uma cliente.